Disney deve anunciar oficialmente aquisição da Fox nesta quinta-feira, dia 14 de Dez 2017

Disney-compra-fox-IMG

Hoje, dia 12 de Dezembro, o canal financeiro de televisão CNBC, afirma que a Disney irá anunciar a aquisição da 21th Century Fox nessa próxima quinta-feira (dia 14 de Dezembro de 2017). O canal diz que o negócio foi fechado e está tudo pronto para ser anunciado. O valor da compra gira em torno de US$ 60 bilhões e garantirá total controle dos canais de esportes e entretenimento da Fox.

Entre especulações e negociações, há semanas que a Disney vem demonstrando interesse em adquirir o conglomerado 21st Century Fox (um dos maiores do mundo), especificamente a divisão de entretenimeto-cinematográfico-televisivo.

Mesmo que as duas partes assinem um acordo, ainda existe um porém…segundo as leis americanas, uma negociação desse porte precisa da aprovação do Departamento de Justiça dos EUA, órgão que visa evitar a criação de monopólios e de outras irregularidades que vão contra a livre concorrência.
Essa parte burocrática do processo pode demorar! Vale lembrar que em 2016, a AT&T fechou contrato para comprar a Time Warner e até hoje ainda não conseguiu o aval do governo para concretizar a transação.

No pacotão da divisão de entretenimento da Fox, além dos X-Men, Deadpool e o Quarteto Fantástico da Marvel, outras franquiquias estariam sob o comando da Disney como Alien, Die Hard (Duro de Matar), Planet of Apes (Planeta dos Macacos), Ice Age (A Era do Gelo), Family Guy (Uma Família da Pesada) e Os Simpsons.

 

Passo-a-passo das negociações:

 

[Dia 6 de Novembro de 2017]

No início de Novembro, segundo o site da CNBC, a Disney teria demonstrado interesse em adquirir boa parte 21st Century Fox, conglomerado que inclui empresas como o estúdio cinematográfico 20th Century Fox, o canal televisivo Fox, o Blue Sky Studios, o FX, a National Geographic e o serviço de streaming Hulu. Entretanto, a Disney não tem interesse em comprar as divisões jornalísticas da rede, como o Fox News e o Fox Sports, que continuariam sendo controlados pelo magnata Rupert Murdoch. Na época, valores não foram divulgados. Um dos maiores benefícios para a Disney com a aquisição da divisão de entretenimento da Fox, seria a expansão do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel) onde personagens dos X-Men e o Quarteto Fantástico poderiam aparecer ao lado dos Vingadores, já que quase todas as propriedades intelectuais da Marvel já pertencem a Disney desde 2009.

 

[Dia 2 de Dezembro de 2017]

De acordo com o Deadline, a Comcast, hoje maior conglomerado de mídia do mundo, teria tido interesse em adquirir a Fox, sua principal concorrente. Entretanto, em nota oficial a empresa diz que “Quando uma empresa como a 21st Century Fox fica disponível para compra, é nossa responsabilidade avaliar se existe um ajuste estratégico que poderia beneficiar nossa empresa e nossos acionistas.” O texto conclui dizendo que eles analisaram a possibilidade, mas uma oferta oficial nunca foi feita. Com a saída da Comcast, a Disney tem território livre para negociar a aquisição da 21th Century Fox. Analistas já prevêem uma aquisição que pode girar em torno de US$ 70 a 74 bilhões.

Ainda segundo a Deadline, passado um mês após o 1º contato, as negociações entre a Fox e Disney foram retomadas, só que agora em sigilo. Tudo está caminhando para haver um fechamento de um acordo. Pela velocidade que tudo esta acontecendo, certamente poderemos ter o anúncio surpresa a qualquer momento, como aconteceu na aquisição da Lucasfilm pela Disney no dia 30 de Outubro de 2012 por US$ 4 bilhões.

 

[Dia 5 de Dezembro de 2017]

Neste dia, a CNBC noticiou que o acordo estaria próximo de ser fechado e a Disney deveria comprar grande parte da Fox por US$ 60 bilhões. Caso o contrato se firmasse, a Disney teria em mãos os estúdios 20th Century Fox, Fox Searchlight e Blue Sky, os canais Fox, FX, FXX, A&E e Star, parte do serviço de streaming Hulu, a produtora Endemol e as filiais regionais do Fox Sports. O bilionário Rupert Murdoch, atual dono da 21st Century Fox, continuaria apenas com o controle dos canais principais do Fox Sports e das emissoras jornalísticas do Fox News.