A magia da ILM que combinou efeitos visuais físicos e digitais para criação de Jurassic World: Fallen Kingdom

JW-Fallen Kingdom-Carnotauros

Jance Rubinchik, supervisor de animação da Industrial Light & Magic, descreve a curtição de brincar com os dinossauros no Jurassic World: Fallen Kingdom (Jurassic World: Reino Ameaçado) em entrevista a awn.com.

“O sonho de todo animador é trabalhar com dinossauros”, diz Jance Rubinchik, da Industrial Light & Magic (ILM), que supervisionou a animação do filme Jurassic World: Fallen Kingdom, lançado agora em Junho de 2018. “Muitos caras vão te dizer que o filme original do Jurassic Park os colocou na indústria e isso certamente é verdade para mim. Foi um filme crucial para mim quando eu era criança e teve um enorme impacto em minha vida. Na época, eu pensei: “Eu não sei como fazer isso, mas preciso aprender.”

JW-Fallen Kingdom-T-Rex

Owen (interpretado por Chris Pratt) aparece entre o poderoso T. Rex e Claire (Bryce Dallas Howard) e Franklin (Justice Smith) em Jurassic World: Fallen Kingdom. Enquanto um animatronic em escala tamanho real do T. Rex estava no set de filmagem, para esta cena, o rei dos dinossauro utilizado é todo CGI.
Imagens cortesia da Universal Studios, Amblin Entertainment e Legendary Pictures. © 2018 Universal Pictures.

Este filme da Universal Pictures, que é o mais recente aditivo a franquia do Jurassic Park, foi dirigido por J. A. Bayona. Junto com ele, além de Jance Rubinchik, David Vickery, tambem da ILM, foi outra pessoa chave para a realização de Jurassic World: Fallen Kingdom. David Vickery supervisionou os efeitos visuais (visual effects – VFX) criados pelos artistas da própria ILM e por outros profissionais terceirizados, como a equipe artística de Neal Scanlan, que criou os animatronics dos dinossauros (dinossauros fisicamente (eletronicamente) manipuláveis). Para a produção do filme, os cineastas filmaram diversas cenas no Havaí e na Inglaterra, além de trabalharam nos sets de filmagem do Pinewood Studios, perto de Londres.

Jance Rubinchik estima que havia provavelmente 15 dinossauros diferentes em Jurassic World: Fallen Kingdom, incluindo as sequências de multidão. As sequências da debandada dos dinossauros foram realizadas pelos animadores do estúdio da ILM em Vancouver, no Canadá, com supervisão de Glen McIntosh. Já os animadores do estúdio da ILM em Londres fizeram todo o resto das animações, incluindo várias cenas com os personagens Blue, o T-Rex preso, o novo híbrido Indoraptor e a luta entre o Blue e o Indoraptor. Ao todo, cerca de 52 animadores da ILM trabalharam no filme.

“O filme gira em torno da relação entre Blue, um Velociraptor, e Owen (ator Chris Pratt), o seu cuidador, mas no fundo, há um novo dinossauro que está sendo criado”, diz Jance Rubinchik. “Finalmente, vemos o Indoraptor revelado e há um grande confronto. Mas no fundo, Blue e o Indoraptor são os personagens principais.” O filme estreou este ano (2018) no dia 21 de Junho no Brasil e dia 22 nos Estados.

JW-Fallen Kingdom-BabyBlue-Owen

Owen ensina truques ao filhote de Velociraptor Blue. Um animatronic foi usado para o Baby Blue, com efeitos CGI adicionais que ajudaram a tornar a cena “real”

JW-Fallen Kingdom-AdultBlue-Owen

Owen se reconecta com o Velociraptor adulto Blue, agora 100% CGI