A gigante chinesa do entretenimento CMC arrecadou US$ 1,5 bilhões da Tencent e Alibaba

CMC-logo

Fundada em 2009 na cidade de Shanghai (Xangai), a empresa China Media Capital, Inc., (CMC), é conhecida como um guardião do investimento de grandes players Hollywoodianos no setor de entretenimento na China, altamente regulado pelo governo chinês.

A frente do conglomerado CMC, atuante em vários segmentos distintos (como entretenimento, consumo, tratamento médico e telecomunicações), está o seu fundador, Li Ruigang que já conquistou participações em diversas empresas americanas, como na Creative Artists Agency (CAA) da Warner Bros. e a Imagine do produtor e diretor Ron Howard, entre outras.

CMC-chairman-Li-Ruigang-Li-Ruigang, fundador e presidente da  China Media Capital, Inc.

Segundo o site do THR, a CMC está expandindo o seu setor de entretenimento. Agora em Fevereiro de 2018, assumiu o controle total do estúdio sino-americano Oriental DreamWorks (Kung Fu Panda 3 em 2016), da NBCUniversal, renomeando-o como Pearl Studio, que já têm algumas produções em andamento alinhados para os próximos anos.

glen-keane-over-the-moonEsboço da protagonista Fei Fei, do filme animado Over the Moon (2020), produzido pelo Pearl Studio para a Netflix e dirigido por Glen Keane, veterano da Disney

Agora em Julho, Li Ruigang anunciou que conseguiu arrecadar o total de US$ 1,5 bilhão (10 bilhões de yuans) através de uma série de financiamentos com algumas empresas, incluindo a Tencent Holdings , Alibaba Group e a incorporadora de imóveis chinesa Vanke. Depois desse anúncio, a CMC reivindica uma avaliação pós-financiamento da sua empresa de US $ 6 bilhões (40 bilhões de yuans).

CMC-1-5-Bi

A China Media Capital atualmente possui ações em diversas empresas ligadas ao entretenimento, telecomunicações e mídia na China, incluindo a CMC Pictures, seu braço de distribuição nacional e internacional de filmes, além de suas subsidiárias nos EUA.

Produtoras cinematográficas, estúdios de animação e até a construção do LEGO Park em Shanghai (Xangai),previsto para 2022, fica evidente observar que a CMC tem a preferência de investir nos setores cultural de mídia e entretenimento, tanto dentro e como fora da China, uma contribuição absolutamente positiva para a crescente indústria de animação chinesa.

Big Fish & Begonia (2016), produção sino-coreana
Flavors of Youth (2018), produção nipo-chinesa
Wish Dragon (2019), produção sino-americana
Over The Moon (2020), produção chinesa